Pular para conteúdo
Relações com Investidores

Política Financeira

 
Responsável: Vice-Presidência Executiva de Finanças e RI 
Versão: 02
Data de Atualização: 08/06/2015
 
Histórico de Revisões
 
Versão: 01
Data de Emissão: 03/06/2013
Histórico: Elaboração do Documento
 
Versão: 02
Data de Emissão: 08/06/2015
Histórico:
  • Inclusão dos itens Abrangência (II), Documentação Complementar (III), Conceitos e Siglas (IV), Responsabilidades (V), Gestão de Consequências (VII) e Exceções (VIII).
  • Adequação do Objetivo (I) quanto ao conceito de sustentabilidade.
 
 

I. Objetivo

Definir a gestão dos recursos financeiros da Companhia, dentro de padrões éticos, reputacionais, legais e socioambientais, buscando sempre soluções economicamente viáveis ao uso desses recursos no longo prazo.

 

II. Abrangência

Todos os administradores e colaboradores da Cielo S.A.

 

III. Documentação Complementar

  • Legislações vigentes no âmbito federal, estadual e municipal.
  • Normas internas aperfeiçoadas constantemente, aprovadas pelas alçadas competentes e disponibilizadas à todos os colaboradores.

 

IV. Conceitos e Siglas

Stakeholders: são todos os públicos relevantes com interesses pertinentes à companhia, ou ainda, indivíduos ou entidades que assumam algum tipo de risco, direto ou indireto, em face da sociedade. Entre outros, destacam-se: acionistas, investidores, colaboradores, sociedade, clientes, fornecedores, credores, governos e órgãos reguladores, concorrentes, imprensa, associações e entidades de classe, usuários dos meios eletrônicos de pagamento e organizações não governamentais.

V. Responsabilidades

  • Administradores e Colaboradores: Observar e zelar pelo cumprimento da presente Política e, quando assim se fizer necessário, acionar a área Financeira para consulta sobre situações que envolvam conflito com esta política ou mediante a ocorrência de situações nela descritas.
  • Área Financeira: Garantir a gestão dos recursos financeiros, dentro das melhores práticas e princípios de controle, suportando as operações e serviços da Companhia no que tange a administração, planejamento, controle e garantias de direitos desses recursos, buscando soluções economicamente viáveis.

VI. Diretrizes

1. A gestão financeira do caixa da Companhia é realizada dentro das melhores práticas e princípios de controle, garantindo que os registros contábeis atendam à legislação do país.


2. A área Financeira é responsável pelo suporte das operações e serviços da Companhia no que tange à administração contábil, tributária e de gestão financeira / orçamentária, em aderência às regras de alçadas da Cielo.


3. Todas as operações financeiras são suportadas por sistemas rígidos de controle financeiro de forma a garantir a realização dos pagamentos das transações efetuadas pelos portadores de cartão aos respectivos estabelecimentos comerciais credenciados à Cielo, e demais operações, em conformidade com a legislação em vigor.


4. O processo de planejamento e controle orçamentário permite o gerenciamento sistêmico e agregado de todas as áreas da Companhia.
 

5. A gestão de controladoria exerce efetivamente o controle contábil, financeiro, orçamentário, operacional e patrimonial, promovendo a elaboração de relatórios de análise do desempenho da Companhia, incluindo o acompanhamento de custos e despesas, de modo a dar ciência dos números aos executivos da companhia, recomendar e orientar quanto às alternativas de obtenção de maior eficiência financeira na execução dos planos.
 

6. As informações geradas pela área financeira são transparentes e autênticas, sempre evidenciadas por documentação formal, visando eficácia na tomada de decisão e proteção legal.

 

VII. Gestão de Consequências

Colaboradores, fornecedores ou outros stakeholders que observarem quaisquer desvios às diretrizes desta política, poderão relatar o fato ao Canal de Ética (www.canalconfidencial.com.br/cielo ou 0800 775 0808), podendo ou não se identificar.
Internamente, o descumprimento das diretrizes desta Política enseja a aplicação de medidas de responsabilização dos agentes que a descumprirem conforme a respectiva gravidade do descumprimento.

 

VIII. Exceções

As exceções, quando aplicáveis, são tratadas pontualmente pela área Financeira, sempre em respeito à essa política, respaldadas por documentos e/ou contratos comprobatórios cabíveis nos termos da lei vigente.

 


IX. Aprovações


____________________________________

Rômulo de Mello Dias

Presidente


 _____/_____/_____

 


_______________________________________

Clovis Poggetti Junior

Vice-Presidente Executivo de Finanças e RI


_____/_____/_____

 

________________________________________

Roberto Dumani

Vice-Presidente Executivo de Desenvolvimento Organizacional


_____/_____/_____

 

_______________________________________

Dilson Tadeu da Costa Ribeiro

Vice-Presidente Executivo de Produtos e Negócios


 _____/_____/_____

 

________________________________________

Adriano Navarini

Vice-Presidente Executivo Comercial Varejo


_____/_____/_____

 

_______________________________________

Renata Greco

Vice-Presidente Executivo Comercial Grandes Contas


 _____/_____/_____

 

_______________________________________

Plínio Patrão

Vice-Presidente Executivo de Tecnologia e Operações


 _____/_____/_____

 

_______________________________________

Manoel Pinto de Souza Júnior

Vice-Presidente Executivo de Relações Institucionais


 _____/_____/_____